Tradições confessionais chinesas – Análise introdutória

Chinese confessional traditions - Introductory analysis

Authors

  • Adelcio Machado dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.54018/sssrv1n1-001

Keywords:

China, Fundadores, Religiões, / china , Founders, Religions

Abstract

O apoio é procurado nos textos de Armond (1999) para apresentar, por meio de iniciação, as tradições confessionais chinesas. Segundo o autor, a antiguidade da civilização chinesa vai além dos 10.000 anos. A fundação de sua religião nacional está na obra de três sábios: Fo-hi, Lao-tzu e Kongtzeu (Confúcio), que viveram em tempos muito remotos da história: o primeiro, como imperador, a partir de 3468 AC; o segundo 604 AC e o último 478 AC Mais tarde, com a introdução do budismo, três se tornaram as religiões da China: Confucionismo, Taoísmo e Budismo (ARMOND, 1999).

 

Support is sought in the texts of Armond (1999) to present, by way of initiation, the Chinese confessional traditions. According to the author, the antiquity of Chinese civilization goes beyond 10,000 years. The foundation of their national religion is in the works of three sages: Fo-hi, Lao-tzu and Kongtzeu (Confucius), who lived in very remote times of history: the first, as emperor, from 3468 BC; the second 604 BC and the last 478 BC Later, with the introduction of Buddhism, three became the religions of China: Confucianism, Taoism and Buddhism (ARMOND, 1999).

Additional Files

Published

2020-01-02

How to Cite

dos Santos, A. M. . (2020). Tradições confessionais chinesas – Análise introdutória: Chinese confessional traditions - Introductory analysis. STUDIES IN SOCIAL SCIENCES REVIEW, 1(1), 2–12. https://doi.org/10.54018/sssrv1n1-001