Imagens Inventadas: sobre máquinas, crianças e o fazer - cinema no currículo escolar

Invented Images: about machines, children and making cinema in the school curriculum

Authors

  • Carlos Eduardo Albuquerque Miranda
  • Luis Gustavo Guimarães

DOI:

https://doi.org/10.55034/smrv3n3-007

Keywords:

cinema e educação, método cartografia, dispositivos de criação, gestos cinematográfico

Abstract

Este texto apresenta um estudo/relato de experiência de um método cartográfica que pretende refletir o fazer cinema com alunos de 8 a 11 anos (3º ao 5º ano da Educação Básica) de uma escola pública do interior do estado de São Paulo. O trabalho se deu por meio de oficinas dentro do programa Mais Educação do Governo Federal e tinham como objetivo a criação de territórios existenciais permeados de subjetividade e nuances, inspiradas em Manoel de Barros. As oficinas utilizaram diferentes dispositivos de criação de imagens, procurando replicar os gestos cinematográficos de escolha, disposição e ataque propostos por BERGALA. Esta experiência demonstrou que o encontro com o cinema na escola é um encontro com um “estrangeiro”, capaz de produzir conflitos estéticos e cognitivos, tensões criativas e muitos questionamentos que propiciam a invenção ou reinvenção da escola como espaço de práticas culturais democráticas.

Published

2022-07-14