Criando Podcasts como ferramenta educacional para a saúde integral da mulher: relato de experiência de um projeto de extensão

Authors

  • Luane do Nascimento Riedmann Núcleo de Estudos da Saúde e Alimentação Materna e da Mulher – NESAM UFRJ; Instituto de Alimentação e Nutrição – IAN, Centro Multidisciplinar de Macaé, UFRJ.
  • Camila Matias da Silva Núcleo de Estudos da Saúde e Alimentação Materna e da Mulher – NESAM UFRJ; Instituto de Alimentação e Nutrição – IAN, Centro Multidisciplinar de Macaé, UFRJ.
  • Sâmela Caetano Tavares Núcleo de Estudos da Saúde e Alimentação Materna e da Mulher – NESAM UFRJ; Instituto de Alimentação e Nutrição – IAN, Centro Multidisciplinar de Macaé, UFRJ.
  • Fernanda Amorim de Morais Braga Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Lyvia Christina de Oliveira Mathias Núcleo de Estudos da Saúde e Alimentação Materna e da Mulher – NESAM UFRJ; Instituto de Alimentação e Nutrição – IAN, Centro Multidisciplinar de Macaé, UFRJ.
  • Lavínia Paiva da Silva Ferreira Núcleo de Estudos da Saúde e Alimentação Materna e da Mulher – NESAM UFRJ; Instituto de Alimentação e Nutrição – IAN, Centro Multidisciplinar de Macaé, UFRJ.
  • Amanda Jorge Sandre Núcleo de Estudos da Saúde e Alimentação Materna e da Mulher – NESAM UFRJ; Instituto de Alimentação e Nutrição – IAN, Centro Multidisciplinar de Macaé, UFRJ.

DOI:

https://doi.org/10.55034/smrv3n3-003

Keywords:

aleitamento materno, promoção da saúde, educação em saúde, saúde da mulher, extensão

Abstract

Introdução: O podcast é uma mídia digital, que tem sido usada também para a educação. A educação em saúde pode ser definida como conjunto de práticas que contribui para aumentar a autonomia das pessoas no seu cuidado. Objetivo: Descrever a experiência extensionista de um projeto de extensão de uma universidade pública na produção de podcasts voltados para a saúde integral da mulher. Métodos: Trata-se de um relato de experiência a partir da produção de áudios para a promoção da saúde da mulher em um canal de mensagens (Telegram®). As etapas contaram com a participação de toda equipe, sendo: (1) Reuniões de planejamento; (2) Distribuição dos temas entre alunos; (3) Pesquisa do tema e criação do roteiro; (4) Gravação e edição; (5) Publicação e interação com o público; (6) Avaliação.  Resultados: Para a determinação dos temas, fez-se uma enquete inicial no canal, a roteirização seguiu as publicações científicas recentes e a publicação ocorreu uma vez na semana. A criação e edição dos podcasts ocorreram em celulares ou computadores da equipe, mantendo-se o tempo médio de três minutos, para maior engajamento. Regularmente a equipe faz uma enquete para o público do canal sobre o conteúdo e chamadas de temas. Os resultados mostraram que 85% consideram o conteúdo como “muito bom” e 15% como “bom”. Conclusão: As experiências permitiram reflexão e aprendizado de novas tecnologias aplicadas à promoção e educação em saúde, proporcionando inovação curricular aos alunos, visto que eles desenvolveram atividades de produção, que poderá engrandecer a formação profissional.

Palavras-chave: Aleitamento materno. Promoção da saúde. Educação em saúde. Saúde da mulher. Extensão.

Published

2022-07-07