Ensino de libras como primeira língua

Teaching libras as a first language

Authors

  • Clarissa Fernandes das Dores
  • Paulo José Chaves Mendanha
  • Johnatan Francis Dias de Araújo
  • Junior Guimarães

DOI:

https://doi.org/10.55034/smrv3n2-010

Keywords:

ensino de libras, metodologia de ensino, cultura surda

Abstract

Este projeto teve como objetivo pesquisar o perfil das crianças surdas da comunidade de Ouro Preto-MG e outros municípios limítrofes no ano de 2015 e 2016, com foco no nível de fluência e nos modos de aquisição da primeira língua, a Língua de Sinais. A partir disso, pretendeu-se ensinar, com metodologias e recursos didáticos visuais, a Libras (Língua Brasileira de Sinais), observando-se as diferentes faixas etárias e o ambiente em que o aprendiz estava inserido. A importância dessa temática é possibilitar ao surdo o desenvolvimento da fluência em língua de sinais, desenvolver metodologias de ensino, buscando aprendizagem de uma língua e potencializar a inserção dos surdos na comunidade surda local, valorizando a identidade surda e a cultura surda no espaço totalmente visual. Foram pesquisadas escolas estaduais e municipais da região dos Inconfidentes, e as aulas de Libras foram realizadas na IFMG- campus Ouro Preto e os alunos surdos foram acompanhados por estudantes bolsistas surdos e ouvintes matriculados no instituto, bem como de professores e tradutores intérpretes atuantes no campus

Published

2022-05-18