Avaliação da qualidade de vida, estresse, dor, ansiedade e depressão em mulheres portadoras de fibromialgia

Assessment of quality of life, stress, pain, anxiety and depression in women with fibromyalgia

Authors

  • Maria Rita Martins da Rocha
  • Vitória Esperança Pereira
  • Amanda da Silva Merlin
  • Grazielle de Moraes Marcelino
  • Alessandro Rosa de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.54022/shsv3n2-046

Keywords:

articulações, dor, fibromialgia, mulheres

Abstract

Introdução: A fibromialgia é uma síndrome caracterizada por dor crônica difusa e generalizada, com alta prevalência no sexo feminino. Podem ocorrer ciclos de dores em articulações, músculos e em diversos pontos, o mais visto como agravante o estresse, pode-se causar também pela ansiedade e depressão. Objetivo: Avaliar a qualidade de vida, ansiedade e depressão, estresse percebido, dor e os pontos de tensão da fibromialgia em mulheres. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa descritiva, quantitativa realizada por meio de formulário eletrônico que contem cinco questionários, qualidade de vida, ansiedade e depressão, estresse percebido, dor e os pontos de tensão da fibromialgia, respondidos individualmente por mulheres de 30 a 70 anos. Resultados: O presente estudo buscou alcançar um índice de quão afetado encontra-se a qualidade de vida das mulheres portadoras de fibromialgia, através dos questionários de qualidade de vida, ansiedade e depressão, estresse, dor e pontos de tensão da fibromialgia. Conclusão: Pode-se concluir que a faixa etária onde se apresenta o maior número de mulheres cometidas com fibromialgia é de 40 a 60 anos, com prevalência das mulheres que participaram do presente estudo. Onde a qualidade de vida está prejudicada, apresentadas por dores intensas. Os níveis de estresse, ansiedade e depressão, apresentaram índices de alta probabilidade e de possível acometimento.

Published

2022-06-14