Relato de caso: avaliação de Tinea captis na idade pediátrica

Case report: evaluation of Tinea captis at pediatric age

Authors

  • Giovana de Souza Vendrame
  • Carla Alexandra Nasser Furtado Barbosa

DOI:

https://doi.org/10.54022/shsv3n1-030

Keywords:

puericultura, exame físico e dermatomicoses

Abstract

Introdução: A dermatomicose é uma infecção fúngica superficial presente em animais e humanos, causada pelos dermatófitos que possuem  maquinário eficaz para invasão da parte queratinizada do estrato córneo, dos cabelos ou do leito ungueal. No Brasil, o fungo mais envolvido nos casos de Tinea captis, em crianças de idade escolar, é o Microsporum canis. Possui um diagnóstico, majoritariamente, clínico e tratamento oral prolongado. Objetivo: Encorajar maiores pesquisas sobre a disseminação e esclarecimento sobre a Tinea captis e demais doenças fúngicas, além de disseminar seu método de tratamento eficiente, tendo em vista sua prevalência no Brasil. Descrição do caso: A prática da puericultura em ambiente escolar proporcionou a avaliação de um caso de Tinea captis em um garoto de 3 anos com contato frequente com cachorro. Com tratamento apenas tópico, segundo a mãe, e possivelmente, pouco rigoroso segundo as educadoras que não visualizavam melhora no quadro. Discussão do caso: Apesar da criança não relatar sintomas, possuía em seu couro cabeludo duas áreas de alopecia e dados epidemiológicos compatíveis com a doença, como ser do sexo masculino, estar na faixa etária de 3 – 7 anos e, principalmente, o contato com animal possivelmente portador de M.canis. Conclusão: A visita a Creche tinha como objetivo salientar a importância da puericultura na saúde pediátrica porém, foi além e proporcionou o conhecimento de inúmeras morbidades, incluindo uma das doenças fúngicas mais predominantes no país e na pediatria.

Downloads

Published

2022-03-07