Assistência Humanizada do Profissional de Enfermagem a Mulher Vítima de Violência

Humanized Assistance for Nursing Professionals for Women Victims Of Violence

Authors

  • Édina Cristina Rodrigues de Freitas Alves
  • Maria de Fátima do Nascimento
  • Renato Gomes dos Santos
  • Kimberlli Silva Ferreira de Morais
  • Lauricea Aquino Ramos Vilela
  • Lilian Durão Nogueira Ferreira
  • Maria Odete Buzzo
  • Nélio Maurício Gaspar Franco

Keywords:

enfermagem e violência doméstica, humanização, saúde da mulher e cuidados de enfermagem, / nursing and domestic violence, humanization, women's health and nursing care

Abstract

A VDCM, vem sendo definida como um problema de saúde pública, cada vez mais mulheres estão sofrendo com essas situações. Como os profissionais de enfermagem atuam com essas mulheres, como novas formas de atuação, humanização podem promover, prevenir um atendimento holístico. O objetivo do trabalho foi analisar o cuidado do profissional de Enfermagem à paciente vítima de violência doméstica, identificando sua atuação e humanização. Método: Revisão bibliográfica, narrativa e exploratória, nas bases de dados SCIELO, LILACS, BDENF, BVS, PUBMED e GOOGLE ACADEMICO, no período de 2014 a 2019, a análise e interpretação dos resultados foram realizadas com uma leitura analítica. A amostra final foi de 10 artigos, apenas 03 artigos relatavam como o profissional de Enfermagem se posiciona em frente a essa situação, sobre a capacitação foram encontrados somente 01 artigo, sobre o papel da Enfermagem na assistência humanizada as vítimas apenas 04 artigos, e sobre as consequências da violência foram encontradas 02 artigos nas bases de dados. Poucos são os profissionais de enfermagem que compreendem o enfrentamento da violência contra a mulher como algo que faça parte do seu papel, muitos não sabem lidar com essas situações, o despreparo, e o desconhecimento, influenciam cada vez mais no aumento desse quadro. Após a finalização deste trabalho sugere-se capacitações aos profissionais de enfermagem nessa área, onde possam identificar situações de violência, bem como registrar, notificar e dar prosseguimento ao acompanhamento.

 

VDCM has been defined as a public health problem, and more and more women are suffering from these situations. As nursing professionals work with these women, new forms of action, humanization can promote, prevent holistic care. Objective: To analyze the care of nursing professionals to patients who are victims of domestic violence, identifying their performance and humanization. Method: Bibliographic, narrative and exploratory review in the databases SCIELO, LILACS, BDENF, VHL, PUBMED and GOOGLE ACADEMICO, from 2014 to 2019, the analysis and interpretation of the results were performed with an analytical reading. Results: The final sample consisted of 10 articles, only 03 articles reported how the nursing professional stands in front of this situation, about training were found only 01 article, about the role of nursing in humanized care victims only 04 articles, and about the consequences of violence, 02 articles were found in the databases. Conclusions: Few nursing professionals understand coping with violence against women as part of their role, many do not know how to deal with these situations, unpreparedness, and ignorance increasingly influence the increase of this situation. Suggestion: Training is needed in this area, where they can identify situations of violence, as well as record, notify and continue follow-up.

Published

2021-11-17