Ecotoxicidade De Triclosan Utilizado Como Conservante Em Cosméticos

Ecotoxicity of Triclosan Used as a Cosmetic Preservative

Authors

  • Larissa Helena Fernandes
  • Andressa Paz Barros
  • Stefany Oliveira Peixoto
  • Stefania Fleischmann Kruger
  • Bárbara Andreotti Ribeiro
  • Francisco Anaruma Filho

DOI:

https://doi.org/10.54022/shsv3n1-011

Keywords:

toxicidade, método alternativo, sementes., / toxicity, alternative method, seeds.

Abstract

Recentemente tem sido levantada a preocupação sobre o potencial de distúrbios endócrinos da Compostos de amônio quaternário, Triclosan (TCS), uma vez que demonstrou-se que o antimicrobiano perturba a homeostase dos hormônios da tireoide e, possivelmente o processo de reprodução. Além disso, há fortes evidências de que espécies aquáticas como algas, invertebrados e certos tipos de peixes são muito mais sensíveis ao TCS do que os mamíferos. Em razão da grande complexidade envolvida no processo de bioacumulação e biomagnificação relacionados aos conservantes de cosméticos e alimentos, inúmeros ensaios ecotoxicológicos deveriam ser realizados em diferentes níveis tróficos, o que envolveria grande aparato tecnológico e alto custeio. Portanto este estudo tem a intenção de contribuir com o barateamento e simplificação das avaliações ecotoxicológicas, por meio do uso de um método alternativo de avaliação rápida e sem envolvimento de grandes recursos financeiros, infraestrutura e baixa produção de resíduos. Ensaios de toxicidade empregando sementes são ferramentas muito eficientes para avaliação da potencialidade tóxica de produtos que são utilizados em pequenas concentrações. Desta forma, as sementes tornam-se excelentes indicadores biológicos em ensaios toxicológicos que podem ser realizados em espaços que não exigem técnicas e equipamentos sofisticados, nem ambientes extremamente controlados. Este metodologia poderá no futuro próximo ser um importante instrumento de avaliação dos possíveis efeitos ambientais de inúmeras substâncias utilizadas em produtos ligados a higiene pessoal que chega pelo esgoto em grande quantidade, ao ambiente silvestre, frequentemente sem receber nenhum tipo de tratamento. Por meio da mensuração das raízes das sementes que germinaram após 120 horas na estufa BOD com controle de temperatura em 22 graus foi possível verificar interferência negativa de TCS. O método se mostrou eficaz para evidenciar crescimento das raízes inversamente proporcional a quantidade de TCS adicionada, apesar de não ter sido atingido o valor de EC50 necessário para a conversão do valor em unidades toxicidade (TU) devido á interrupção da pesquisa por conta da quarentena, medida preventiva do COVID-19.

 

Concerns have recently been raised about the endocrine disturbance potential of the quaternary ammonium compound, Triclosan (TCS), since the antimicrobial has been shown to disrupt the homeostasis of thyroid hormones and possibly the reproduction process. In addition, there is strong evidence that aquatic species such as algae, invertebrates and certain types of fish are much more sensitive to TCS than mammals. Because of the great complexity involved in the process of bioaccumulation and biomagnification related to cosmetic and food preservatives, numerous ecotoxicological tests should be performed at different trophic levels, which would involve great technological apparatus and high costs. Therefore, this study aims to contribute to the cheapness and simplification of ecotoxicological assessments, through the use of an alternative method for rapid assessment without involving large financial resources, infrastructure, and low waste production. Toxicity tests using seeds are very efficient tools to evaluate the toxic potentiality of products that are used in small concentrations. In this way, seeds become excellent biological indicators in toxicological tests that can be performed in spaces that do not require sophisticated techniques and equipment, nor extremely controlled environments. This methodology may in the near future be an important tool for evaluating the possible environmental effects of numerous substances used in personal hygiene products that reach the wild environment through sewage in large quantities, often without receiving any treatment. By measuring the roots of seeds that germinated after 120 hours in the BOD oven with temperature control at 22 degrees it was possible to verify the negative interference of TCS. The method proved to be effective in showing root growth inversely proportional to the amount of TCS added, although the EC50 value necessary to convert the value into toxicity units (TU) was not reached due to the interruption of the research because of quarantine, a preventive measure of COVID-19.

Published

2022-01-12