Perfil Da Antibioticoterapia Utilizada Por Pacientes Idosos Internados No Setor De Clínica Médica De Um Hospital

Profile Of Antibiotic Therapy Used By Elderly Patients Admitted To The Clinical Medicine Unit Of A Hospital

Authors

  • Dayara Iasmin Reis Lima
  • Gabrielli Naiara Vieira Miranda
  • Larissa Prado Ferreira
  • João Pedro Cachero Lino
  • Sergio luis assis ferreira.
  • Isabella Miranda Esteves Orsi
  • Roberta Bessa Veloso
  • Gérsika Bitencourt Santos

DOI:

https://doi.org/10.54022/shsv3n1-009

Keywords:

Antibacterianos; Atenção à Saúde do Idoso, Idoso, Polimedicação. /, Antibacterials; Health Care of the Elderly, Aged, Polymedication.

Abstract

Introdução: O aumento da população idosa mundial implica na necessidade de atenção aos serviços de saúde, pois relaciona-se ao aumento do consumo de medicamentos. Por serem geralmente polimedicados, deve-se atentar aos cuidados na prescrição de antibióticos para idosos, visto que uma antibioticoterapia inapropriada pode causar grandes injúrias para tal população. Objetivo: Analisar o perfil de idosos internados para antibioticoterapia, relacionando suas comorbidades pré-existentes e os respectivos tratamentos, com a conduta terapêutica da internação. Metodologia: Realizou-se um estudo transversal de base secundária em um hospital universitário de Minas Gerais, entre agosto e dezembro de 2016. Os prontuários médicos foram revisados, pesquisando-se variáveis como sexo, idade, diagnósticos e medicamentos dos idosos internados para tratamento de infecções bacterianas. Resultados: Foram incluídos no estudo 66 idosos, predominando a faixa etária entre 60 e 70 anos. As comorbidades mais relatadas foram hipertensão arterial, DPOC, diabetes mellitus e insuficiência cardíaca congestiva. Em relação ao tratamento medicamentoso, a maioria relatou ingerir uma quantidade de 6 a 10 medicamentos. Os principais antibióticos utilizados durante a internação foram penicilinas, nitroimidazólicos, cefalosporinas, quinolonas e macrolídeos, sendo que infecções do trato urinário foram as principais patologias tratadas com antibioticoterapia nessa população. Conclusão: A principal forma de infeção bacteriana em idosos é comunitária, sendo que a população masculina, entre 60 e 70 anos é a mais acometida, principalmente, por infecções do trato urinário. A classe de antibiótico mais receitada para idosos é a cefalosporina, sendo mais usada como tratamento, e não como profilaxia.

Introduction: The increase in the world elderly population implies the need for attention to health services, as it is related to the increase in medication consumption. Since the elderly are generally polymedicated, care should be taken when prescribing antibiotics to the elderly, since inappropriate antibiotic therapy can cause great harm to this population. Objective: To analyze the profile of elderly patients admitted for antibiotic therapy, relating their pre-existing comorbidities and respective treatments to the therapeutic management of the hospitalization. Methodology: A cross-sectional, secondary-based study was conducted in a university hospital in Minas Gerais, between August and December 2016. Medical records were reviewed, searching for variables such as gender, age, diagnoses, and medications of the elderly hospitalized for treatment of bacterial infections. Results: 66 elderly people were included in the study, predominantly aged between 60 and 70 years. The most commonly reported comorbidities were hypertension, COPD, diabetes mellitus and congestive heart failure. Regarding drug treatment, most reported taking a range of 6 to 10 medications. The main antibiotics used during hospitalization were penicillins, nitroimidazoles, cephalosporins, quinolones and macrolides, and urinary tract infections were the main pathologies treated with antibiotic therapy in this population. Conclusion: The main form of bacterial infection in the elderly is community-acquired, and the male population between 60 and 70 years of age is the most affected, especially by urinary tract infections. The antibiotic class most prescribed for the elderly is the cephalosporin, and it is used more as treatment than as prophylaxis.

 

Published

2022-01-12