Uma abordagem do estado da arte: reforçar a educação emocional para a prevenção de conflitos escolares no ENSST

Uma abordagem do estado da arte: reforçar a educação emocional para a prevenção de conflitos escolares no ENSST

Authors

  • Diana Milena Callejas Pérez

DOI:

https://doi.org/10.54019/sesv3n2-030

Keywords:

estado da arte, inteligência emocional, educação emocional, conflito escolar

Abstract

A educação emocional é entendida como um aspecto fundamental no desenvolvimento integral de todo ser humano, como afirma Bisquerra (2001), é um "processo contínuo e permanente que tem por objetivo melhorar o desenvolvimento emocional como um complemento indispensável ao desenvolvimento cognitivo, constituindo ambos os elementos essenciais do desenvolvimento da personalidade integral" (p.242). Este trabalho, que faz parte de uma pesquisa mais ampla sobre o fortalecimento da educação emocional para a prevenção de conflitos escolares em alunos da Escola Normal Superior Santiago de Tunja, em Tunja, Boyacá, visa identificar e analisar as referências bibliográficas e os artigos científicos que contribuem para o corpus documental ou o estado da arte da pesquisa.  Para atingir o objetivo proposto, a metodologia utilizada foi a pesquisa qualitativa com foco na revisão documental e análise de artigos científicos de bases de dados como Scielo, Redalyc e Dialnet, através do instrumento de sistematização das informações do Resumo Analítico Especializado (RAE), elaborado no software Microsoft Excel.  A implementação desta estratégia resultou na compilação, revisão e análise de 50 fontes bibliográficas internacionais, nacionais e regionais de 2003-2020. Da análise, emerge um campo de trabalho que está ligado à pesquisa, ou seja, o fortalecimento da educação emocional para a prevenção e resolução de conflitos escolares.

Published

2022-05-25

How to Cite

Pérez, D. M. C. . (2022). Uma abordagem do estado da arte: reforçar a educação emocional para a prevenção de conflitos escolares no ENSST: Uma abordagem do estado da arte: reforçar a educação emocional para a prevenção de conflitos escolares no ENSST. STUDIES IN EDUCATION SCIENCES, 3(2), 901–917. https://doi.org/10.54019/sesv3n2-030