Adolescentes E Jovens Com Alergia Alimentar: Percepções Sobre O Bullying

Adolescents and Youth With Food Allergies: Perceptions of Bullying

Authors

  • Patrícia de Moura Vieira

DOI:

https://doi.org/10.54019/sesv3n1-016

Keywords:

Bullying, Alergia alimentar, Convivência escolar/, Bullying, Food Allergy, School Coexistence.

Abstract

O objetivo deste artigo consiste em discorrer sobre a alergia alimentar e sua relação com o bullying entre jovens no ambiente escolar, visto que o Brasil carece de pesquisas que relacionam os dois temas. Apuraram-se aspectos da convivência escolar ética em contraposição ao bullying, com o intuito de trazer um olhar para possíveis vítimas em potencial. Constatou-se que o clima escolar influencia diretamente na qualidade do aprendizado e na diminuição dos conflitos entre pares. Estudos internacionais apontam que alunos com alergia alimentar têm sido alvos de bullying no ambiente escolar e há um aumento dessa incidência nos últimos anos. As alergias alimentares podem trazer não só desconforto em aspectos físicos, mas também psicológicos, principalmente na escola, que é um ambiente de interação e convivência. O bullying tem um impacto emocional significativo em um indivíduo que já está fragilizado pela sua condição de saúde. Portanto, é preciso buscar a conscientização sobre as alergias alimentares e o bullying. Promover a formação moral dos nossos jovens, baseada nas relações sociais cooperativas, solidárias e não excludentes através do diálogo.

Downloads

Published

2022-01-31

How to Cite

Vieira, P. de M. . (2022). Adolescentes E Jovens Com Alergia Alimentar: Percepções Sobre O Bullying: Adolescents and Youth With Food Allergies: Perceptions of Bullying. STUDIES IN EDUCATION SCIENCES, 3(1), 266–283. https://doi.org/10.54019/sesv3n1-016