Estratégias para garantir o bem-estar animal em clínica de cães

Strategies to ensure animal welfare in dog clinics

Authors

  • Marcus Polo Regis Soares Filho
  • Rubens Emanoel Tavares da Rocha
  • Jéssica Vasconcelos Bastos
  • Ana Carolina Messias de Souza Ferreira Da Costa

DOI:

https://doi.org/10.54020/seasv2n1-001

Keywords:

Vertebrate , animals , sensitive, / Vertebrado, animais, sensível

Abstract

Os animais vertebrados são sensientes, isso seria a capacidade de sentir, que engloba vários sentimentos, nesse contexto, a dor é um mecanismo de defesa do corpo e caso não for tratada pode levar o animal ao sofrimento permanentemente. Sendo assim, é de suma importância o animal ter acesso ao tratamento adequado para seu bem-estar (LUNA, 2008).

            Em 1964, Ruth Harrison escreveu o livro Animal Machines, foi uma das precursoras para que a população começasse a dar atenção para o bem-estar dos animais, desde então, a ciência vem evoluindo nesse quesito. Quando se trata de cães sempre é preciso observar o comportamento no ambiente e seu relacionamento com o tutor, pois será possível ter noção de qual será a melhor forma de manejo e tratamento para o paciente (RIBEIRO et al., 2019).

 

Vertebrate animals are sensitive, that is, they have the ability to feel, which includes several feelings. In this context, pain is a defense mechanism of the body and, if not treated, it can lead the animal to permanent suffering. Thus, it is of utmost importance that the animal has access to adequate treatment for its welfare (LUNA, 2008).

            In 1964, Ruth Harrison wrote the book Animal Machines, which was one of the precursors for the population to start paying attention to animal welfare. When it comes to dogs it is always necessary to observe their behavior in the environment and their relationship with the guardian, because it will be possible to have a notion of what will be the best form of management and treatment for the patient (RIBEIRO et al., 2019).

 

           

Published

2021-09-16